A GATA

A GATA

A GATA

Gostaria de compartilhar com vocês uma situação interessante do meu dia a dia que mostrou um olhar amoroso em uma situação aparentemente banal.

Trabalho muitas horas sentado, de frente ao PC, e em minha casa criamos uma gata. Observei que, de tempos em tempos, ela vinha andando em minha direção miando e olhando em meus olhos e sentando próximo a mim aguardando alguma reação minha. Ela só pára quando eu me levanto e a acompanho. Então, ela me guia para o local onde fica sua água e comida e como se pedisse, começa a comer enquanto a acaricio.

Depois disso ela se aquieta e vai para algum outro local.

Algum tempo depois, ela realiza novamente esse mesmo procedimento, todos os dias.

Percebi então que há várias formas de pensar sobre uma determinada situação.

Uma delas seria:

- Essa gata está vindo aqui me incomodar de novo? Ela já não sabe onde está a comida dela?

Mas, e se eu pensasse de forma diferente:

- Será que o motivo dela vir aqui todas essas vezes é me avisar, amorosamente, que eu preciso me levantar mais vezes para exercitar meu corpo? Que ela é um ser tão amoroso que até o serviço mais simples que ela pode executar assim o faz com muita alegria?

Consegue perceber o Amor expresso nessa simples forma de pensar? Consegue perceber a Integração, leveza e alegria que isso gera?

E você, o quanto de Amor tem escolhido focar em sua vida?

Davi Aguiar, 23 de Outubro de 2018.